imgmenu.gif (2840 bytes)
[ HOMEPAGE ] [ CONSULTAS ] [ NOTÍCIAS DO DIA ]
imgmenu4.jpg (5142 bytes)

EM 03/11/1997

• Sem notícias do Iraque, mercado fecha em baixa  [ íntegra: 21744.gif  - resumo ]
• Leilão da CPFL será "prova de fogo"  [ íntegra: 21745.gif  - resumo ]
• Corrida de gasodutos  [ íntegra: 21747.gif  - resumo ]
• Cisão entre Endesa e Enersis  [ íntegra: 21748.gif  - resumo ]
• Chilectra ganha mais  [ íntegra: 21749.gif  - resumo ]
• Electricidad ganha menos  [ íntegra: 21750.gif  - resumo ]
• Energia vai faltar no horário de pico  [ íntegra: 21753.gif  - resumo ]
• Cetesb testa carros novos em laboratórios  [ íntegra: 21757.gif  - resumo ]
• CPFL vira aposta para reverter pessimismo  [ íntegra: 21758.gif  - resumo ]
• YPFB  [ íntegra: 21765.gif  - resumo ]

Sem notícias do Iraque, mercado fecha em baixa
Integra:
21744.gif 
Equipe de Reportagem
Gazeta Mercantil
em 03/11/1997

A falta de notícias sobre os desdobramentos da crise entre Iraque e ONU, sobre as inspeções de armas, fez mercados petrolíferos fecharem em baixa, depois de ganhos aos longo do dia. Na Nymex, o índice WTI para dezembro fechou com baixa de 14 centavos, a US$ 21,08. Na IPE, o Brent para dezembro fechou com uma discreta queda de 7 centavos, a US$ 20,03.

Leilão da CPFL será "prova de fogo"
Integra:
21745.gif 
Balarin, Raquel
Gazeta Mercantil
em 03/11/1997

O leilão de privatização da CPFL que acontecerá na próxima quarta-feira será a prova de fogo para as Bolsas, é o que vai sinalizar para o mercado se a crise que atingiu o País na semana passada poderá afetar a receita das privatizações prevista pelo governo.

Corrida de gasodutos
Integra:
21747.gif 
Nejankis, Guido
Gazeta Mercantil
em 03/11/1997

A disputa travada entre as empresas energéticas para levar eletricidade do noroeste argentino ao norte do Chile, visando suprir as necessidades da mineração da área, está no seu auge. Existem três projetos diferentes concorrendo: um desenvolvido pelo consórcio Gás Atacama, outro pela Norgas e o terceiro pela chilena Chilgener.

Cisão entre Endesa e Enersis
Integra:
21748.gif 
Equipe de Reportagem
Gazeta Mercantil
em 03/11/1997

A Endesa de España decidiu, na última quinta-feira, cancelar os contratos que havia assinado em agosto deste ano com os ex-executivos da "holding" elétrica chilena Enersis, liderados por José Yuraszeck. Segundo o contrato, a Enersis comprometia-se a vender as ações série B das sociedades Chispadas por US$ 256,8 milhões. (na íntegra)

Chilectra ganha mais
Integra:
21749.gif 
Equipe de Reportagem
Gazeta Mercantil
em 03/11/1997

A Chilena Chilectra Metropolitana S.A. anunciou que sua receita líquida no terceiro trimestre do ano atingiu US$ 160,8 milhões, com um crescimento de 15% em relação ao memo período de 1996. O resultado da distribuidora de energia elétrica foi determinado pela força do peso (moeda chilena) diante do dólar. (na íntegra)

Electricidad ganha menos
Integra:
21750.gif 
Equipe de Reportagem
Gazeta Mercantil
em 03/11/1997

A receita líquida da companhia C.A. Electricidad de Caracas caiu 15% de julho a setembro, para US$ 99,19 milhões, em razão do incremento de seus custos operacionais. Segundo a maior distribuidora de energia elétrica da Venezulea, o resultado já foi corrigido pela inflação de 103% no ano passado. (na íntegra)

Energia vai faltar no horário de pico
Integra:
21753.gif 
Araujo, Flavio; Caride, Daniela
Jornal do Brasil
em 03/11/1997

Ventos estimados em mais de 130 quilômetros por hora derrubaram ontem, por volta das 8h, dez torres de transmissão de energia - cada uma com 43 metros de altura - localizadas a oitenta quilômetros de Foz de Iguaçu, no Paraná. O estrago no sistema de transmissão da Usina Hidrelétrica de Itaipu vai provocar falta de energia até sábado, dia 8, nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil no horário de pico de consumo, das 18h30 às 20h30. Furnas não conseguiu precisar ainda que locais serão atingidos, o que vai depender das empresas distribuidoras de cada Estado.

Cetesb testa carros novos em laboratórios
Integra:
21757.gif 
Augusto, Claudio
Estado de São Paulo
em 03/11/1997

Desde 1989, a Divisão de Engenharia e Certificação da Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental (Cetesb) já licenciou 1.100 modelos de 42 marcas mundiais. É no laboratório da Cetesb que, antes de começar a ser vendido no mercado brasileiro, os automóveis passam por uma série de testes. Nos ensaios, os técnicos atestam se o modelo está emitindo poluentes dentro dos padrões estabelecidos pela legislação brasileira.

CPFL vira aposta para reverter pessimismo
Integra:
21758.gif 
Gama Neto, Helio
Estado de São Paulo
em 03/11/1997

O governo de São Paulo dará sua contribuição à onda de otimismo articulada pelo governo federal, destinada a esfriar as expectativas desfavoráveis à economia brasileira. O governador Mário Covas decidiu manter o leilão de privatização da CPFL, marcado para quarta-feira, depois de conversar com o presidente Fernando Henrique Cardoso por telefone, no decorrer da semana. Bancar a aposta na volta à normalização do mercado é um risco assumido pelo governo do Estado com o objetivo de evitar um mal maior. A equipe do governador não esconde o temor de que a crise no mercado financeiro possa trazer novas dificuldades na administração das contas públicas, prejudicando o cronograma de investimentos e os planos eleitorais do PSDB paullista.

YPFB
Integra:
21765.gif 
Equipe de Reportagem
Estado de São Paulo
em 03/11/1997

A YPFB, estatal boliviana de petróleo, escolheu três companhias de energia para explorar quatro reservas de petróleo e gás no país. A Diamon Shamrock, a Maxus Bolivia e a Panandean Resources ofereceram um total de US$ 127 milhões pelas concessões. (na íntegra)